Afronte

Ficção e documentário se cruzam para mostrar o processo de transformação e empoderamento de Victor Hugo, um jovem negro e gay, morador da periferia do Distrito Federal. Seu relato se mistura aos depoimentos de outros jovens, cujas histórias revelam diferentes formas de resistência, encontradas em discursos de valorização do negro gay.

Direção: 
Bruno Victor e Marcus Azevedo
Produção: 
Renata Schelb e Juliana Melo
Direção de arte: 
Ana Julia Melo
Direção de fotografia: 
Ana Carolina Matias
Roteiro: 
Bruno Victor e Marcus Azevedo
Montagem e edição: 
Lucas Araque
Elenco: 
Victor Hugo Leite
Trilha sonora: 
Loucas Figueiras e Stefano Luna

Programação

Abertura: 
sab, 15/09/2018 - 14:00
Mostra para exibição:
Ano: 
2017
Duração: 
16 min
Local: 
Distrito Federal
Classificação indicativa:
Gênero: