Airão Velho, sayonara

Shigeru Nakayama é um imigrante japonês que vive sozinho em Airão Velho, uma cidade em ruínas na floresta amazônica. Após Nakayama reativar uma misteriosa máquina escondida na região, as luzes da cidade abandonada reacendem e, junto delas, antigos fantasmas voltam a perambular pela mata e pelas casas.

Direção: 
sandro vilanova
Produção: 
Cassio Fernandes
Direção de arte: 
Cassio Fernandes
Direção de fotografia: 
Rafael Gontijo
Roteiro: 
Sandro vilanova
Montagem e edição: 
Marcelo Abelha
Elenco: 
Shigeru Nakayama
Trilha sonora: 
Sandro Vilanova

Programação

Abertura: 
sex, 18/02/2022 - 17:00
Fechamento: 
sab, 19/02/2022 - 17:00
Mostra para exibição:
Ano: 
2020
Duração: 
25 min
Local: 
Amazonas
Classificação indicativa:
Gênero: